Notícias


12/09/2019 - Após ações do Pronascentes, microbacia do córrego Bauzinho dá sinais de recuperação

Considerando-se o período de seca, o volume de água registrado surpreende e mostra que as intervenções estão sendo favoráveis


A microbacia do córrego Bauzinho, no Distrito de Pindaíbas, após implementar o projeto de conservação de água, elaborado pelo Programa Municipal Pronascentes, já apresenta melhoria na disponibilidade hídrica do manancial. O resultado positivo aparece com 1 ano de trabalho, ou seja, doze meses depois de terem sido iniciadas as ações de recuperação ambiental, a natureza já responde favoravelmente às intervenções.

Entre os meses de agosto e novembro de 2018, a Companhia de Saneamento Básico de Minas Gerais (Copasa), por meio do Programa Pró-Mananciais, realizou a execução do cercamento de 33 nascentes na microbacia, conforme diagnóstico e projeto elaborado pelo Pronascentes.

Segundo a Assessoria de Comunicação da Copasa, neste mês, foi registrado um volume considerável de água no local. De acordo com informações cedidas pela companhia, esse volume de água é bastante incomum para esta época do ano. Em decorrência das ações de sensibilização ambiental do Coletivo Local de Meio Ambiente (Colmeia) associadas à proteção das nascentes realizadas naquela microbacia, esse bom resultado está sendo alcançado.
 






OUTRAS NOTÍCIAS

Senha e drive thru surtem efeito positivo na organização da vacinação contra gripe

veja mais

Recuperação de ruas: equipes de microrrevestimento e tapa-buracos estão em ação

veja mais

Secretaria de Saúde alerta para golpe envolvendo vacina em domicílio

veja mais

Melhor em Casa inicia atividades e reforça saúde pública em Patos de Minas

veja mais

Projeto Patos Mais Verde é tema de reunião do Codema

veja mais

Covid-19: Santander orienta servidores municipais para evitar filas em dia de pagamento

veja mais

Combate ao Covid-19: prefeitura publica decreto com novas determinações

veja mais

Agendamento on-line para doar sangue é opção para ajudar evitando aglomeração

veja mais


   VOLTAR