Notícias


11/09/2019 - Orçamento para 2020 será discutido em audiência dia 17 de setembro (terça-feira)

População ainda pode opinar pelo site da prefeitura em formulário on-line


A Prefeitura de Patos de Minas realizará, a partir das 19 horas do dia 17 de setembro (terça-feira), uma audiência pública para construção do Orçamento Participativo com o objetivo de colher, junto à população, as demandas de cada região do município. Além de envolver o cidadão na definição dos serviços e obras a serem realizados pelo município, o Orçamento Participativo visa à legitimação das ações do governo municipal. O evento será realizado na sede da Câmara Municipal, que fica situada na rua José de Santana, 470, Centro.

É importante também que Associações de Bairro e Conselhos Comunitários participem dessa audiência.

A Prefeitura disponibilizou em seu portal um link para o orçamento participativo 2020. Para ter acesso ao formulário, o cidadão deve entrar no site da prefeitura e clicar no banner de abertura, que será direcionado ao formulário. Clique aqui e participe!

A Lei Orçamentária do exercício de 2019 é da ordem de R$ 525 milhões, incluindo as receitas próprias, transferências constitucionais e recursos vinculados. “Mesmo que os recursos sejam limitados e que nem toda demanda da população seja atendida, é necessária a participação popular na elaboração das peças orçamentárias, para cumprimentos legais e viabilizar a democracia”, explica a secretária municipal de Finanças e Orçamento, Marisa Peres.
 
OUTRAS NOTÍCIAS

Semed convoca profissionais e estagiários para contratação

veja mais

Reunião marca início de projeto para modernizar iluminação pública

veja mais

Casas noturnas se reúnem e promovem Carnafestival

veja mais

Procon multa Pátio Central Shopping por veículo furtado em suas dependências

veja mais

Servidores municipais aposentados e da ativa têm reajuste de 5,5%

veja mais

Sancionada lei que aumenta cargos para atender Serviço de Atenção Domiciliar

veja mais

Base de Segurança Comunitária da 86ª Cia da PM tem saldo positivo

veja mais

Saúde faz chamamento para contratar serviços hospitalares

veja mais


   VOLTAR